quinta-feira, 3 de julho de 2008

Prisão e Guiness



Portugal já é detentor de vários “recordes” inscritos no Guiness Book, e para boa informação do Povo, há alguns dias, um dos canais de televisão, mostrou uma tentativa falhada de mais um português bater um dos famosos recordes.
A cena mostrada foi a de um ciclo turista a tentar percorrer mais de 25 km em marcha atrás. O homenzinho ia sentado no guiador da bicicleta e a pedalar de costas viradas para a frente. Parecia um artista de circo. Imediatamente a seguir vinha um grupo de ciclo turistas do mesmo clube, mas a pedalar em posição normal. A função deste grupo era apoiar e acompanhar o herói mas evidentemente nas funções de simples “figurantes”.
O candidato a recordista, não sabia que caminhada ia fazer nem tão pouco ia a ver o percurso; O que lhe interessava era que o “enorme feito” “ficasse registado” para a posteridade.
Este facto fez-me lembrar, por analogia de papéis, o que se está a passar em Almeirim com o folhetim da construção da prisão-hotel, mas com outro actor e outros figurantes.

1 comentário:

Abril disse...

Vai ser feita uma estação de tratamento de esgostos em Paços dos Negros.Era bom que a obra fosse executada com urgência,porque já há muito "MATERIAL" para ser trabalhado....