sábado, 30 de abril de 2011

O verdadeiro

video

Cá talvez seja um pouco pior!

Dos jornais


"Mais de 5.000 portugueses vão estar em Roma a assistir ao espectáculo da beatificação de João Paulo II".
Devem ser portugueses pobrezinhos que vão agradecer as ajudas que lhes proporcionou em vida e certificar-se da forma "modesta" como vivem aqueles que se dizem defensores dos mais desfavorecidos, tal como Jesus preconizava.
Por precaução, o espaço aéreo sobre o vaticano vai ser encerrado, não vá Jesus regressar do céu dentro de algum ovni, para fazer o que fez no templo, em vida.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Eles andam por aí



As troikas, externa e interna, estão por aí para a defender os interesses dos seus mandantes, e sabem que os bananas gostam de ser embalados pelas suas falinhas mansas.

Daí a actualidade desta linda canção, mais real do que nunca.

Real decadência


Quem nos últimos dias, olha para qualquer canal de televisão, é imediatamente agredido com reportagens sobre os preparativos das cerimónias do casamento real inglês, como se futuro do mundo dependesse desse acontecimento.
Este é mais um exemplo de como a globalização fomentada pelo hipercapitalismo, promove de forma consciente, a intensificação de uma cultura do divertimento com a finalidade conseguida, da infantilização dos adultos e da sua estupidificação.
É mais uma forma de descerebração, que eleva o supérfluo ao estatuto de valor e faz da nulidade um modelo.Com a concentração das industrias de comunicação social na mão dos grandes interesses financeiros, tudo serve de negócio, baseado na facilidade, imediatismo consumista e divertimento generalizado que contribuem para eliminar os mais elevados valores humanos.
É a imagem decadente da actual sociedade humana, dominante.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Espelho da realidade




O espelho da realidade social criada pelos nossos políticos rasca.
Dois portugas diferentes

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Conversa portuga




Conversa imaginária, descrita no DN, em que um taxista assume o papel do portuga actual, informado como convém, gerado pelos políticos rascas que têm "governado" este país desgovernado.

"Hotel Tivoli? Daqui, do aeroporto, é um tiro... Então o amigo é o camone que vem mandar nisto? A gente bem precisa. Uma cambada de gatunos, sabe? E não é só estes que caíram agora. É tudo igual, querem é tacho. Tá a ver o que é? Tacho, pilim, dólares. Ainda bem que vossemecê vem cá dizer alto e pára o baile... O nome da ponte? Vasco da Gama. A gente chega ao outro lado, vira à direita, outra ponte, e estamos no hotel. Mas, como eu tava a dizer, isto precisa é de um gajo com pulso. Já tivemos um FMI, sabe? Chamava-se Salazar. Nessa altura não era esta pouca-vergonha, todos a mamar. E havia respeito... Ouvi na rádio que amanhã o amigo já está no Ministério a bombar. Se chega cedo, arrisca-se a não encontrar ninguém. É uma corja que não quer fazer nenhum. Se fosse comigo era tudo prà rua. Gente nova é qu'a gente precisa. O meu filho, por exemplo, não é por ser meu filho, mas ele andou em Relações Internacionais e eu gostava de o encaixar. A si dava-lhe um jeitaço, ele sabe inglês e tudo, passa os dias a ver filmes. A minha mais velha também precisa de emprego, tirou Psicologia, mas vou ser sincero consigo: em Junho ela tem as férias marcadas em Punta Cana, com o namorado. Se me deixar o contacto depois ela fala consigo, ai fala, fala, que sou eu que lhe pago as prestações do carro... Bom, cá estamos. Um tirinho, como lhe disse. O quê, factura? Oh diabo, esgotaram-se-me há bocadinho".

A magia do futebol


Há poucos anos, quando da realização do euro de futebol , em Portugal, os comentaristas que comem da gamela, defendiam que o futebol ajudava a desenvolver o país e dava grande prestígio aos portugueses.
Esses senhores que continuam bem instalados e relacionados no bloco central, agora deviam ir convencer os técnicos do FMI e BCE, que este ano estamos muito mais prestigiados, porque para além dos estádios, jogadores e treinadores famosos a actuar no estrangeiro, até temos três equipas semi-finalistas na liga europa.
Embora as teorias defendidas por estes portugas chico espertos, sejam desmontadas pela realidade, os bananas continuam a ser manietados por esta gentalha.
Cada vez mais o futebol é um instrumento de alienação inteligentemente utilizado pelos poderosos.
Não é por acaso,que enquanto aos outros trabalhadores, todos os dias lhes são retirados direitos, e aos artistas da bola cada vez lhes pagam mais e lhes dão mais importância mediática.

domingo, 17 de abril de 2011

"Parlamento" europeu


Está a circular na internet, o resultado de um estudo de ética comportamental, tendo por base os 736 deputados do parlamento europeu e cujos primeiros elementos conhecidos são os seguintes:
(Só é pena não dizerem de que países são, e em que grupos políticos estão integrados)

32 deputados já foram detidos por condução em estado de embriaguês ou outras infrações ao código da estrada.

16 já foram presentes a tribunal por delitos abrangidos pelo código civil.

35 participaram como executivos, em bancarrotas ou processos de falências fraudulentas.

11, foram presentes a tribunal por passarem cheques sem provisão.

17, foram presentes a tribunal em processos de violência doméstica.

E são estes representantes dos europeus, que nos dão a indicação que esta europa está cada vez mais vazia de ética e valores sociais e onde as populações estão cada vez domesticadas pelos grandes interesses financeiros.

sábado, 16 de abril de 2011

Dos jornais


"Prejuizos de milhões nos negócios militares: Empresas perdem 2,3 mil milhões de Euros em contrapartidas de submarinos e outras armas"
Não há dúvida nenhuma que nunca foi preocupação desta gente que tem "governado" os portugas, gerir ou defender o interesse público.
A principal preocupação foi e continua a ser, colocar em todo o aparelho público as suas clientelas que são gente básica mas paga a peso de ouro e que têm enchido o bandulho à custa dos bananas.
Agora os sacanas sabem muito bem que notícias destas não preocupam os bananas, porque o que eles querem é festas, passeios, futebol e estar informados sobre as intrigas mais mesquinhas e tinhosas do chamado jetset portuga.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Dos jornais



Sobre a investigação ao saque BPN:
Oliveira e Costa perdeu 275.000 Euros no negócio com a venda dos titulos a Cavaco Silva e à filha".
(So´que quem pagou, foi o país e não Oliveirta e Costa)
Fisco deixou fugir 800 milhões de euros: A causa desta situação vem do tempo em que Manuela Ferreira Leite foi ministra das finanças, e titularizou através de um empréstimo ao Citigroup, dívidas à segurança social.
A operação evidenciou "falta de fiabilidade e credibilidade de grande parte dos créditos que foram titularizados"
(A Dona Manuela sabia disto perfeitamente)

"Deuses portugas, com pézinhos de barro"

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Beijos e abraços


Está visto que tudo vai continuar na mesma depois da farsa das eleições.
Os partidos do bloco central, estão condenados a entender-se às claras.
No fundamental estão de acordo mas o negócio da distribuição dos tachos,vai ser mais uma vez em surdina.
Assim os tachos vão estar perfeitamente salvaguardados.
Isto é: quem vai governar vai ser o FMI e o que vai ser ser negociado,são os previlégios e as mordomias das suas gordas clientelas.

Gato por lebre


O homem de confiança de Bulhosa e Savimbi, que negociou a morte lenta do sistema produtivo nacional e introduziu na política nacional as dependências, favores e o Chico espertismo, está outra vez na moda.
A sua capacidade de ilusionista, está uma vez mais a ser inteligentemente utilizada pelos mandantes.
Como é evidente, com a estatura que lhe é devida pela verticalidade da sua palavra é sua obrigação dizer que a intervenção do FMI é uma honra para o sistema de que ele foi um dos principais fundadores.

Rascas e à rasca



Enquanto houver vários jornais desportivos diários para os bananas se Cultivarem e várias revistas cor-de-rosa para as bananas poderem andar informadas sobre o intitulado jet SET nacional, tudo vai bem.
Por outro lado, os rascas, como filhos dos bananas, mantêm os mesmos hábitos de encher os bares, discotecas e tudo quanto é festivais, com bebedeiras à mistura.
As bananas, porque fumam, frequentam bares e vão ao futebol, também as sintoniza com a política rasca e lhes dá a falsa ideia de emancipação integrando-as nesta modernidade vazia e com cada vez menos valores.
Os à rasca, que já foram enganados pelo facilitismo que encontraram, e por serem em grande parte fruto do novo-riquismo que os políticos rasca fomentaram, o mais natural é mais uma vez serem manietados nas próximas eleições.
A armadilha está montada e propagandeada até à exaustão por uma comunicação social que está ao serviço dos grandes interesses, que são os verdadeiros mandantes dos políticos rasca.
Os políticos rasca, que têm destruído tudo quanto é público em benefício dos mandantes e suas clientelas, estão unidos como nunca para defender os seus privilégios e dos seus amigalhaços, em prejuízo da maioria, onde se incluem na maior parte, os bananas.
É uma democracia rasca, em que embora se façam eleições, quem vai ditar as leis da governação do país, vai ser o FMI, que é uma entidade que não tem qualquer legitimidade democrática para o fazer.
Foi o ponto a que chegou este país governado por rascas mas que os bananas vão voltar a consagrar no poder.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Então e agora ?




Os portugas pensavam que isto era só estádios, euro 2004 de futebol,submarinos, magalhães,muitos telemóveis, Tornar-se no 4º país DO MUNDO com mais carros por habitante,muitas festas grátis com Tonys Carreiras,e a outra pimbalhada toda, ter como imagem de marca, Figos, Ronaldos, Mourinhos, praias e campos de golfe e não pagavam nada por isso?
Bem, agora vem aí o FMI Para garantir a massa dos mandantes, que emprestaram a Portugal, e que estes políticos modernaços, muito democráticamente, orientaram em benefício das suas clientelas.
Só que agora é a sério, e vai ser Zé portuga a pagar a factura.

Jogo do empurra




Afinal quem é que mais contribuiu para o aumento da despesa pública.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

O crime compensa !


O BCP e a PT, pagaram em 2010, chorudas verbas a A. Vara, Rui Pedro Soares e Soares Carneiro, envolvidos no escândalo "face oculta".
Também nos últimos dias o governo, que já está em gestão, promulgou a nomeação de vários boys, cuja competência deste tipo de gente é bem conhecida.
Num país decadente como Portugal, em que a ética está cada vez mais arredadada da política, já tudo é de esperar na área do poder para o manter ou alcançar.

Os anjinhos


Mário Soares e Cavaco Silva apresentam-se hoje como os grandes moralistas do regime de que foram os principais ideologos e construtores.
Um regime que criou uma "elite" que se atribuiu a si própria, escandalosas mordomias e se tornaram regra no bloco central de interesses.
Soares, negociou a submissão do nosso aparelho produtivo (industria, agricultura e pescas) aos grandes interesses da Alemanha e França.
Cavaco iniciou o desperdício de fundos europeus, permitindo que os mesmos fossem criminosamente aproveitados por alguns.
Deixaram que a corrupção se instalasse, sem fazerem o menor gesto para a combater ao mesmo tempo que o património público era desbaratado em benefício de alguns.
Criaram um sistema de favores e dependencias que se desenvolveram até hoje.
O enriquecimento "rápido" foi normal entre os seus principais amigos e ex-colaboradores.
Fomentaram o novo-riquismo e o chico-espertismo portuga.
Agora, a chamada crise, passa completamente ao lado de toda essa gentinha que chora lágrimas de crocodilo.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Espelho do país



O que se passou no dia 3 de Abril, antes e depois do jogo benfica-porto, representa fielmente o nível cívico e intelectual em que caiu este país.

É o bananal no seu melhor.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Dos jornais


Comem todos à mesa posta à disposição da clientela do bloco central



Duarte Lima beneficiou de um empréstimo do banco insular de Cabo Verde.

A empresa carris,alugou automóveis topo de gama para quatro administradores.

Um administrador dos CTT, abandonou o cargo, após suspeitas sobre falsificação de curriculo.