sábado, 24 de maio de 2008

Viva o Futebol




O bombardeamento diário que se verifica na televisão e outros meios de comunicação social, sobre a selecção nacional de futebol, ainda é pouco em relação à avidez de informação, por parte dos cidadãos a este respeito.
É pena que as televisões não façam programas tipo “big brother”,continuo, para o povinho ser elucidado sobre os mais pequenos promenores da vida dos seus ídolos. Era engraçado saber quantos peid-s dava cada jogador, treinador ou até o presidente da federação durante o estágio da selecção. Haveria concerteza muitíssimos cidadãos que nem dormiam para os poder contar todos.
O Povo está eufórico e vai ser digno de ver as bandeiras nacionais desfraldadas pelo transcendente feito que tantos benefícios vai trazer ao país!
Penso no entanto que, se o Viriato ressuscitasse hoje, em Viseu, arrepender-se-ia mais de mil vezes por ter andado a lutar pela dignidade de um povo “os Lusitanos”, e que neste momento da sua existência, anda a fazer uma triste figura levado por uma pimbalhada que o manipula.
Portugal está sempre em festa, e até parece que os seus cidadãos não sabem que é o país da Europa onde há mais desigualdades sociais.
Haja futebol, festas e F..

1 comentário:

Abril disse...

Eu quero lá saber que a gasolina aumente todos os dias,quero lá saber que a "velharia" tenha de ir a Cuba para não ficarem cegos ( o que era uma sorte... ),quero lá saber que a "bichesa" não tenha trabalho,quero lá saber que ande gente a passar fome,quero lá saber que andem aí uns artistas a fazer uns assaltos,quero lá saber que sejam necessários vários meses para se obter uma consulta médica...O nosso Cristiano Ronaldo,o nosso Mourinho a nossa bandeira,comprada nos chineses e com os simbolos ao contrário,a ondular altaneia nas janelas,isto sim é o nosso orgulho de portugueses,o resto são cantigas.

Porque é que quando o D.Afonso Henriques nasceu,não o atiraram para dentro de um balde cheio de água.Merda de país e merda de gente.